Fadas, bebidas e surpresas na pandemia

*por Ana Paula Garrido

Enquanto a gente não viaja e o coronavírus continua circulando pelo mundo, vamos falar de coisas boas que acontecem durante a pandemia? Essa história é para encher o coração de alegria.

Fadas deixando presentes para vizinhos

Nos Estados Unidos, algumas mulheres tiveram uma ideia genial para “anestesiar” os  momentos de isolamento  e tristeza  causados pelo Covid, trazendo um pouco de alegria até mesmo para pessoas desconhecidas.

Presente na porta deixado pelas fadas

Inspiradas em Tinker Bell, a fadinha amiga de Peter Pan, mães e crianças, algumas delas vestidas de fadas, saem pelas ruas espalhando amor e esperança com presentinhos deixados de forma anônima, nas portas das casas do bairro.

Não sabemos onde, nem em que momento esse novo esporte começou no país, mas assim como o coronavírus, esse movimento se espalhou rapidamente em diversos estados.

Os pequenos ficam super felizes para entregar os presentes

Em Long Island no estado de Nova York, algumas amigas começaram o movimento no bairro onde moram. Criaram um grupo fechado no Facebook chamado de “Fada da bebida”. Na sacola de presente, além de uma bebida alcoólica, snacks, chocolates e outras lembrancinhas. Em menos de uma semana, o grupo recebeu mais de 50 pessoas interessadas em participar do movimento, número que vem aumentando a cada dia.

Na brincadeira não há qualquer obrigação de retribuir o presente para a fadinha que deixou a lembrança na porta, até porque algumas vezes o presente é anônimo. Mas quem recebe, acaba por querer participar e retribuir de alguma forma.

Presente das fadas das bebidas

Dessa brincadeira já surgiram muitos títulos como fada dos vinhos, das frutas, das flores, das crianças, dos pets, etc.  As fadas escolhem um tema e fazem um kit para presentear. As crianças adoram participar e já sabem que sempre há nas sacolas, balas, doces, chocolates ou brinquedinhos para a alegria deles, além das bebidinhas e outros presentinhos para a fada mãe.

Por conta da pandemia, muitos movimentos como esse, de fazer o bem sem olhar a quem, estão viralizando por todo o país. Deixar um presentinho na porta do vizinho e sair de fininho sem ser visto, ou chegar em casa e ver uma sacolinha de presente na porta de entrada, tem sido uma das grandes alegrias durante a pandemia e um bom motivo para acreditar que sairemos desse para um mundo bem melhor quando tudo isso passar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *