Long Island – Um destino fantástico em Nova York

*texto e fotos de Ana Paula Garrido

O que fazer em Nova York? Se esse destino já faz parte dos seus planos de viagem, que tal fazer um roteiro diferente, por lugares que você nem imagina que existam tão pertinho da Big Apple? Você vai se surpreender com os cenários paradisíacos, as praias maravilhosas, vinícolas e cervejarias artesanais, campos de lavanda e girassóis, mansões históricas e até castelo! Tudo isso, ao lado da elétrica e movimentada cidade que nunca dorme.

Lindas paisagens em Long Island – foto AP Garrido

Conheça Long Island, uma  ilha de aproximadamente 160 km de extensão, ao leste de Manhattan, no oceano Atlântico, entre os portos de NY e Montauk Point. De norte a sul, ela tem apenas 37 km de extensão. De NYC até a ponta da ilha, a viagem dura cerca de  3 horas e vale explorar cada cantinho, do início ao fim.

O nascer da lua na praia – foto AP Garrido

Long Island  é a 11ª  maior ilha dos EUA. Cerca de 9 pontes e 13 túneis conectam Long Island aos boroughs de NY, e ferry boats  conectam a ilha com o estado de Connecticut. Long Island  é dividida em 4 condados: os condados de NYC (Brooklyn e Queens), Nassau County e Suffolk County.

As mansões nos Hamptons – foto AP Garrido

A ilha também é conhecida como o quintal dos Nova-iorquinos. Muitos deles possuem casas maravilhosas na região dos Hamptons. O que poucos brasileiros sabem é que Long Island, além de ser o local  de férias de muitos milionários e de abrigar 2 importantes aeroportos internacionais, o JFK e LaGuardia no Queens, oferece também muitas atrações, uma natureza exuberante que pode ser vista em diversos parques preservados,

Praias paradisíacas – foto AP Garrido

praias paradisíacas, deliciosos bares e restaurantes em charmosas marinas, muita história, museus e galerias de arte, festivais, bons hotéis, além de ótimos shoppings e outlets para deixar qualquer brasileiro feliz.

Muitos bares para desfrutar as praias – foto AP Garrido

Hospedagem no Castelo Oheka

Um castelo para se hospedar – foto AP Garrido

Dá para imaginar um castelo cercado de belos jardins, num cenário europeu tão pertinho de Manhattan? Melhor ainda é poder se hospedar e viver dias de realeza nesse hotel maravilhoso!

Oheka Castle e paisagens europeias – foto AP Garrido

Inicialmente, o castelo de Oheka era uma casa de verão de um banqueiro de NY, com 127 aposentos. Quem leu o romance ou assistiu ao filme “ O Grande Gatsby” deve se recordar das mansões milionárias e das festas extravagantes e intermináveis que aconteciam exatamente nessa região, nos anos dourados americanos.

Sala faz homenagem ao hóspede Charlie Chaplin – foto AP Garrido

Reis, presidentes, ricos e famosos passaram por aqui, sendo Charlie Chaplin, um dos hóspedes frequentes do milionário Otto, dono da segunda maior propriedade privada dos EUA. Vendida em 1934, virou academia militar e serviu para outros propósitos. Ficou abandonada e foi  degradada por vândalos e consumida por vários incêndios. Finalmente em 1984, a propriedade foi comprada pelo empresário Gary Melius que investiu 40 milhões de dólares na restauração de Oheka Castle.

A bela biblioteca do castelo – foto AP Garrido

Hoje, transformado em  hotel  com 32 luxuosos apartamentos e suítes, faz parte do Registro Nacional de Lugares Históricos e é membro do Historic Hotels of America and Worldwide.

Luxo e conforto no Oheka Castle – foto AP Garrido

As diárias  vão de US $395 até US$ 1095. O hotel também oferece pacotes especiais para celebrações românticas e programações na ilha.  O Oheka é um dos locais mais concorridos do mundo para celebrar casamentos luxuosos e cinematográficos.

Um dos salões do café da manhã – foto AP Garrido


Essa suíte da foto é a Gatsby Suite e o valor – US$ 595 dólares . Além da hospedagem que inclui café da manhã continental, é possível fazer um tour guiado para conhecer a história da propriedade, almoçar ou jantar no ótimo restaurante e passear pelos belos jardins. O castelo já apareceu em vários comerciais e filmes, e recentemente apareceu no novo clip de Jennifer Lopez e Maluma.

 Mansões da Costa Dourada

Mansões preservadas em Long Island – foto AP Garrido

Entre 1890 e 1930, mais de 1200 mansões foram construídas na Costa Dourada de Long Island, local escolhido pelos milionários para suas casas de verão. Hoje, menos de 1/3 delas ainda existem e para nossa sorte, algumas foram transformadas em parques e museus que podem ser visitados. Vanderbilt, Mill Neck, Planting Field, Sands Point, Bayard Cutting Arboretum  são algumas mansões que valem muito a visita.

Vanderbilt museu e planetário

Museu Vanderbilt – foto AP Garrido

Essa belíssima propriedade em Northport Bay, era a mansão de verão do milionário Vanderbilt, entre os anos de 1910 e 1944. A história da família, a bela propriedade com os móveis autênticos e a interessante coleção de arte coletada pelo mundo, estão disponíveis para visitação em um tour guiado.

Um dos aposentos do museu – foto AP Garrido

Além de belíssimos jardins e vista privilegiada para a baía, a propriedade também abriga um planetário, garantindo diversão completa para toda a família.

O planetário do museu – foto AP Garrido

Bayard Cutting Arboretum

Bayard Cutting Arboretum -foto AP Garrido

Mais uma histórica mansão transformada em parque estadual, oferece tour guiado, imensa área verde com jardins maravilhosos e intermináveis trilhas em volta do rio.

Lindas trilhas pelo rio e jardins – foto AP Garrido

Além de explorar a história do local, vale dar uma parada no restaurante da mansão. Escolha uma mesa na varanda, peça um chocolate quente com um delicioso bolo de pistache e aprecie a vista para o rio e os lindos jardins.

Sands Point Preserve Conservancy

Sands Point Preserve – foto AP Garrido

Esta imponente propriedade foi a casa de verão da família Guggenheim.

A linda vista da propriedade – foto AP Garrido

São 216 acres preservados com belos jardins. O local é muito procurado para filmes, casamentos e eventos e também está aberto para visitação. Essa é mais uma das lindas mansões que continuam intactas na Costa Dourada de Long Island.

Local muito procurado para eventos – foto AP Garrido

Planting Field Arboretum   

Planting Fields Arboretum -foto AP Garrido

Outra interessante mansão que pode ser visitada, foi a casa de William Coe entre 1913 e 1955.

A mansão de Coe Hall – foto AP Garrido

A propriedade tem 2 acres com 22 diferentes jardins que na primavera ficam cheios de coloridas e perfumadas flores, mais de 10 mil tipos de plantas, muitas vindas da Europa e da Ásia. A bela mansão de 65 aposentos foi construída em 1920 e também pode ser visitada com um tour guiado.

Uma incrível variedade de plantas – foto AP Garrido

 Lighthouses

Fire Island Lighthouse – foto AP Garrido

Lindos e cheios de história, são tantos faróis somente em Long Island, que dá para fazer uma excursão exclusiva  para conhecê-los. Construído em 1858, o Fire Island Lighthouse era considerado o mais importante Farol da costa leste, principalmente para os navios transatlânticos. 

O primeiro farol de NY – foto AP Garrido

No final e bem na pontinha da ilha, está o Montauk Point Lighthouse Museum, onde dá para aprender  sobre a história marítima americana e conhecer o mais antigo farol do estado de Nova York, construído em 1797.

O entardecer no farol – foto AP Garrido

Fazendas orgânicas, campos de Lavanda e Girassóis

Quem poderia imaginar paisagens tão europeias perto de NY com campos de Lavanda e até Girassóis?

Lavender by the Bay – foto AP Garrido

Entre castelos, mansões e belas  praias, dá para imaginar tantas fazendas que te convidam a pegar frutas do pé?

Frutas e legumes orgânicos pelas estradas – foto AP Garrido

Em Long Island é possível comprar verduras e legumes orgânicos, leite e ovos, tortas e biscoitos  que podem ser adquiridos nas lojinhas das fazendas ou na beira da estrada e a caminho dos Hamptons.

Fazendas de abóbora – foto AP Garrido

Muitas fazendas são abertas para visitação, incluindo fazendas de ostras e lagostas, onde é possível conhecer cada passo do processo, com direito a degustação no final. São muitas as fazendas na região, que podem ser visitadas. Você também pode colher os girassóis e outras flores para levar para casa.

Campos de girassóis – foto AP Garrido

Até mesmo a atriz italiana Isabella Rosellini, filha de Ingrid Bergman e Roberto Rosellini, não resistiu ao charme dessa vida rural e cria galinhas e vegetais orgânicos na sua fazenda Mama Farm, numa área preservada de 28 acres.

Rossellini photo by Patrice Casanova

Ela inclusive escreveu um livro “My chickens and I” para relatar a divertida história da criação das galinhas.

 A trilha das bebidas

Dezenas de vinhedos e cervejarias – foto AP Garrido

Long Island oferece mais de 70 vinícolas, cervejarias e destilarias, cheias de  charme, com enormes espaços abertos. A ideia é sentar nos bancos dos jardins para degustara as bebidas e curtir as ótimas bandas tocando diferentes estilos musicais.

Jamesport – cervejaria e campos de girassol – foto AP Garrido

Para deixar a experiência ainda mais divertida, é possível alugar uma limousine e explorar com um grupo de amigos uma dezena desses locais.

Vinhos premiados e degustação entre vinhedos – foto AP Garrido

The Hamptons

Mansões e belas paisagens nos Hamptons – foto AP Garrido

Ao contrário do que muitos imaginam, os Hamptons são formados por várias comunidades, todas muito interessantes.

Praia nos Hamptons – foto AP Garrido

East Hampton, Southhampton, Water Mill, Sag Harbor, West Hampton, Shinnecock (reserva indígena), Hampton Bays e Montauk fazem parte dessa região localizada na última parte da ilha.

Praias paradisíacas – foto AP Garrido

Antigamente, essa era uma área basicamente agrícola e pesqueira. Com a chegada dos trilhos do trem e depois das estradas, a região começou a se transformar em local de férias para os Nova-iorquinos endinheirados  e hoje ainda é o local preferido de verão de muitos ricos e famosos de NY.

A hora do pôr do sol é imperdível – foto AP Garrido

Praias paradisíacas, mansões e carros de luxo, iates e lanchas, restaurantes à beira mar, lugares sofisticados

Charme e sofisticação do restaurante em Montauk – foto AP Garrido

e outros descontraídos, galerias de arte, teatros, etc. Tudo isso faz desse destino, um lugar muito interessante. Como se não bastasse , ainda há um clima rural, com fazendas, vinhedos e antigas vilas cercadas de exuberante natureza. Impossível não se encantar com tantas atrações e contrastes!

O clima rural entre praias e mansões – foto AP Garrido

Celebridades como Brook Shields, Calvin Klein, Beyoncé , Alec Baldwin, Julianne Moore e Robert De Niro, etc, se renderam ao charme dos Hamptons. Mas ao contrário de outras partes do mundo, por lá não há paparazzi de plantão, então é possível se esbarrar com algum famoso passeando pelas vilas ou ruas próximas às suas mansões.

Mansões na areia da praia – foto AP Garrido

East Hampton town é considerado o local onde está o “old money”, onde personalidades como Jackie Kennedy passava o verão. Sagaponack e Water Mill, são os locais onde ficam as mansões milionárias que vemos nos filmes e séries de TV. Essa é uma das regiões mais caras dos Estados Unidos. Casas por ali podem ter um preço médio de 8 milhões de dólares. Na região estão também alguns dos mais exclusivos e prestigiados campos de golfe do país.

Lugares de charme

Restaurante Cowfish – super badalado – foto AP Garrido

Vilinhas charmosas, com lojas descoladas e restaurantes bacanas, shoppings e outlets, museus, histórias

Sag Harbor uma vila cheia de charme – foto AP Garrido

e até mesmo shows da Broadway. Long Island oferece muita coisa interessante em cada cantinho da ilha. Além de lugares tão fofos e charmosos que merecem uma matéria especial para mostrar cada um deles.

Umas das lindas casas em Sag Harbor- foto AP Garrido

Natureza preservada

A beleza do Parque McAllister – foto AP Garrido

Mas é a natureza o que mais surpreende. Parques, praias, campos e fazendas remetem a uma sensação de férias no litoral misturada com férias no interior. Long Island tem dezenas de parques encantadores, muitos deles na beira do mar, com natureza preservada nos 4 cantos da ilha.

Vida selvagem nas praias e parques – foto AP Garrido

Lugares perfeitos e quase desertos como esses, para quem busca aproveitar as paisagens longe das multidões. Certamente uma das tendências do turismo pós pandemia.

Lugares lindos e quase desertos – foto AP Garrido

Explorar a natureza num Motorhome

Com tantos parques e campings na ilha, uma forma mais que especial de conhecer Long Island e apreciar a natureza é alugando um motorhome, como esse. A empresa Cruise America tem muitos pontos de aluguel nos Estados Unidos e um deles fica em Long Island.

Motorhome da Cruise América – foto AP Garrido

São tantos lugares lindos e selvagens, como esse camping, que fica numa região que já foi habitada por índios.

Acampamento em antigas terras indígenas – foto AP Garrido

Paisagens intocáveis, uma vida selvagem em muitas áreas e parques preservados, fazem dessa região, uma das mais interessantes para quem gosta de acampar, observar pássaros e outros animais,

Cisnes na praia – fotp AP Garrido

fazer fogueiras, curtir o céu estrelado ,apreciar a mudança das estações e explorar trilhas que vão até as praias.

Parques e trilhas até a praia – foto AP Garrido

Lindas praias

As praias da ilha valem um capítulo à parte. São inúmeras praias para agradar todos os gostos.

Praias com areia branquinha em Sag Harbor – foto AP Garrido

Praias com areia muito branca, ou cheias de pedras, com ondas para agradar surfistas, ou calmas para um delicioso passeio de caiaque.

Praias tranquilas – foto AP Garrido

Bares e restaurantes à beira mar

E tirando proveito da beleza da ilha, são incontáveis as opções de  bares e restaurantes na beira da praia,

Happy Hour na praia – foto AP Garrido

nas marinas, nos lagos e nos canais por onde você pode chegar por terra ou mar.

Drinks à beira mar – foto AP Garrido
Paisagens no fim da tarde- foto AP Garrido

Restaurantes em Marinas – foto AP Garrido

Sem contar as pequenas ilhas que rodeiam Long Island, a exemplo de Fire Island, onde carros não entram e a travessia é feita de balsa ou lancha.

Fire Island – foto AP Garrido

ou  Shelter Island, que dá para conhecer em algumas horas,  atravessando de carro pela balsa.

Shelter Island – foto AP Garrido

Se todas essas imagens mostram como é bonita a ilha, imagine essas paisagens na hora do pôr do sol. Eu me arriscaria a dizer que Long Island tem um dos mais lindos sunsets do mundo!

Céu alaranjado e pôr do sol na praia – foto AP Garrido

O céu de Long Island – foto AP Garrido

Agora fale a verdade, você nem imaginava encontrar lugares tão incríveis como esses, tão pertinho de NYC, não é? Que tal na sua próxima viagem à Nova York, dar uma esticadinha para conhecer esse paraíso chamado Long Island?

Quer saber mais? Visite Discover Long Island

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *